7 de jul de 2007

Poeta?! EU?! kkk

saiu dos meus dedos numa conversa, alguem me chamou atenção pra ela.. e ta aqui:
"eu sei catar o q eu colho...
sei o q eu repugno,
e o q eu acolho"

Otávio! é p ocê! heheheh
abração!

EU BOCÓ

Eu tava concentrado escutando o mp3 e uma amiga falou comigo, perguntou e eu respondi... depois perguntei se eu falei alto(por conta do mp3) ela disse que não... aí começou.. lembrei de uma aula de comunicação visual ministrada pelo professor Wladimir Capelo. Uma amiga presente na sala tava escutando o mp3 e fazendo no pc os exercícios propostos pelo professor, quando, de repente surgiu uma dúvida na cabecinha daquela indivídua. PRA QUÊ?! kkkkkk.... ela perguntou tão alto que todo mundo da sala olhou p ela... ela ficou tão invergonhada... kkkk ... foi tão engrassado. talvez besta pra alguns, mas para àqueles que estava na sala serviu de um momento de quebra de seriedade... Bom, o nome dessa amiga fica no anonimato... hehe..
Agora vamos a mim.. essa foi a pior do ano... PUTZ!!!
Fui convidado pra estar numa casa de praia com uns amigos pra comemorar o aniversário de um deles.. Mas eles avisaram que passariam pra me apanhar bem tarde.. e eu: tudo bem. Não sabia em que carro eles viriam e nem a cor do mesmo. Uma amiga ia dormir na minha casa naquele dia, e foi esperar o carro cmg e com a minha irmã na calçada. Estavam lá eu, a amiga, minha irmã e o namorado dela, e um amigo que, por algum motivo que não lembro porque tava lá. Passou 9h, (DA NOITE), 10h, 11h e nada... minha mãe já queria q eu não fosse..
Sem movimento algum de carros na rua, um carro pára, um celta branco. E eu, todo feliz com mala e cuia, já ia entrando no carro, quando de repende: CLÁUDIO?! (era o coordenador do meu ministério) ele perguntou p onde eu ia, e eu, morto de vergonha expliquei o pq daquilo... ele queria falar com a minha mãe, que já estava dormindo... quando eu voltei, de volta pra calçada, MICO!! Se tivesse um buraco na rua, mesmo sendo uma fossa, eu me metia dentro dela, mas n tinha e eu tive que esperar novamente... RIMOS TANTO!!! depois o carro chegou e deu tudo certo...
bocó né eu?!
até o proximo post!

1 de jul de 2007

Mongócias na Praia...


eu, reuel e o george....
hehehehehehehe

Teoria sobre o Divino

Bem,
acho que faltava um espaço na web pra eu poder publicar meus pensamentos ou comentários sobre o cotidiano que me cerca e um blog se modela adequadamente à esse meu interesse.
Nos útimos dias participei de um Seminário de vida no Espírito Santo (acho que muita gente sabe o que é isso, se não, este evento é como se fosse um congresso realizado pela Renovação Carismátoca, que busca despertar o interesse do cristão católico para movimentos pastorais que acontecem na comunidade ministrada). Pois bem, dentro desse evento foram ministradas várias pregações, muitas delas ótimas por sinal, mas acho que na maioria existia um prendimento (o que não é comum) à teorozação do divino. Não creio que isso seja certo. Podemos classificar os tipos de pecados? Mortal ou Venal?! classificá-los vai fazer diferença no "dia do julgamento"?
Na Bíblia existem muuuuuuuuitas passagens que são metáforas, e que muitos estudiosos teológicos afirmam esse pensamento. Afirmam que Adão e Eva poderiam ser tribos separadas... (Já pensou a Bíblia usar termos de agora sobre a teoria do BIG BAN?!... ") Bem, se eu levo algumas passagem da Bíblia como não sendo metafóricas, eu n vou comer maçã... porque ela é o "fruto proibido"...
aaahhhhhhhh.. também vou prestar mais atenção em trechos precedidos de vírgulas nas frases.. na ortografia... para uma melhor interpretação...
Acho que querer interpretar o divino não é problema, mesmo por que isso envolve uma complexidade extrema. O problema seria em teorizar tudo isso e impor essa teoria como se fosse regras às serem seguidas...